sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A cor da liberdade

No ano passado lectivo (2009/10) ainda trabalhei com os alunos na Plataforma Moodle, usando-a quer como meio fácil de disponibilização de materiais, como, e essencialmente, no apoio ao desenvolvimento de competências como, por exemplo, a compreensão. E claro que saber compreender é ler e a leitura pode traduzir-se em associações de ideias.
Num dos fóruns abertos, ao longo do ano, dedicava-se a motivar os alunos precisamente a fazer um exercício de associação de ideias. Estimula-se essa reflexão e, depois, pela escrita (portanto também se desemvolvia a competência da escrita) construía-se um produto.
Hoje, publicamos um vídeo que já está online quase há um ano - A cor da liberdade - e que foi construído da forma que acabámos de descrever. Primeiro, pretendia-se saber se os alunos associavam a liberdade a alguma cor e, numa segunda fase, identificada a cor, se sabiam justificar essa associação.
A música era, também sugerida pelos alunos.

Sem comentários: