quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

O segredo guardado no cofre - Um poema coletivo*

Memória
Assim o mar. Ainda hoje o ouço sem o ouvir
na espuma como dantes nos paredões da Foz.
("Cala-te" - ordenei-lhe mais tarde com outra voz.)

Mas aos vinte anos andava eu de penedo em penedo,
de praia em praia, de sol em sol, em busca do cofre
onde fechara este segredo,
agora finalmente revelado:
"não há vida nem morte,
mas um conjunto
de sonho,
futuro,
presente,
passado
- angústia de, mesmo sem começar, tudo ter acabado há muito."

.............................................................................................................

Mas eu já tinha encontrado
e arrombado
outro cofre
na praia da Foz
que encerrava o segredo da vida e da morte:
"O heroísmo
é a única voz
que dá asas ao abismo."

José Gomes Ferreira, Memória III, in Poeta Militante, Moraes Ed.


PROPOSTA

Para a viagem que é a vida, quer fazer-se acompanhar de um cofre bem fechado, onde guardará um precioso segredo, uma norma de conduta que nunca quer esquecer - uma regra, um pensamento, uma ideia, um valor universal.

1. Escreva uma frase que explicite esse segredo e construa com os seus colegas um poema coletivo.

O cofre do 9ºC

Aproveita a vida ao máximo, para que não te arrependas do que não fizeste, pois só vives uma vez.
Sê tu próprio! Dá valor ao que tens e não ao que desejas ter.
A vida não é grande, por isso, do pouco tempo que temos, devemos aproveitá-la ao máximo, especialmente os melhores momentos!
Pensar de maneira diferente para compreender os outros...
Tu fazes o teu próprio destino, por isso, acredita e luta pelos teus sonhos.
Acredita nos teus sonhos, pois se acreditares tornam-se realidade. Liberta a tua mente, sonha, sê difrente, sê original, sê feliz.
Acredita, luta, não desistas. Vence!
Uma pessoa feliz é aquela que não tem medo de mostrar o seu ser.
E, sabendo que a vida nos é dada, cada um escolhe o caminho que quer percorrer, uma vez que a nossa história somos nós que a escrevemos.
A vida é uma música escrita pela nossa vivência onde o respeito próprio nos mantém em sintonia.
Não ligues ao que os outros dizem, sê tu próprio!
A vida é uma flor, se a regares ela floresce, mas se a regares e não quiseres mais saber dela, ela acaba por morrer, e mesmo assim tudo o que tivemos, um dia desaparece...
Então, devemos sorrir, porque o sorriso é o princício dos princípios, porque sem um sorriso não há alegria, e sem alegria não há nada.
Viver a vida ao máximo, sabendo que o Homem só é bom naquilo que gosta.

O cofre do 9ºD


Curtir a vida até nunca mais!!!!!!!!!!!!
Nada acontece por acaso.
Na vida nada é impossível!
Viver cada dia como se fosse o último, ou seja, disfrutar da vida ao máximo.
Todos os caminhos levam a algum lugar.
Ganhar ou perder são só consequências de tentar.
Tudo acontece, quando menos esperamos.
Aproveitar todos os minutos da nossa vida.
São os pequenos momentos que fazem a diferença.
Vive a vida no máximo.
Querer sonhar até poder voar, querer voar até ouvir o barulho do mar...
Ter de curtir a vida, pois é só uma.
Não existem coincidências.
Se te der uma estrela, dás-me o Sol; se te der o mar, dás-me um peixe.
A família em primeiro lugar.
Eu quero, eu posso e eu consigo.


*Atividade do manual 
(PINTO, Elisa Costa e BAPTISTA, Vera Saraiva - 
Plural, Língua Portuguesa, 9ºAno, Lisboa Editora, pág. 295)

Sem comentários: