terça-feira, 14 de maio de 2013

Ir à escola e estar na escola

Na 6ª proposta de escrita formal, propusemos aos alunos do 8ºB que, num texto bem estruturado, distinguissem  as diferenças entre "Ir à Escola" e "Estar, de facto, na Escola".

Publicamos, para já, o texto da Carolina Bonifácio.


A diferença entre ir à escola e estar na escola

Todos sabemos que muitos alunos, e cada vez mais, faltam às aulas… Não por estarem doentes ou por terem algum compromisso, mas sim por vontade própria. Muitos até entram no recinto escolar, mas não nas salas de aula, e se o fizerem, por vezes, é apenas para perturbar o bom funcionamento dessas.
É verdade que, muitas vezes, não nos apetece ir às aulas, mas nós temos de lutar pelo nosso futuro. Tudo tem consequências, quer seja agora ou mais tarde, e, na minha opinião, esses alunos que vão à escola, mas não vão às aulas, não têm a noção que mais tarde isso vai afetá-los, e muito.
Alguns pais sabem o que os filhos fazem, mas não lhes interessa. Outros nem sequer chegam a saber porque, muitas vezes, estão demasiado ocupados com o trabalho e os filhos aproveitam-se disso para esconderem os recados e as chamadas das/os diretores de turma.
Mas é claro que também temos uma grande maioria de alunos que vai às aulas e que tentam sempre dar o seu melhor em tudo o que fazem, essas são pessoas racionais, a meu ver, pois sabem que se também faltarem às aulas e não se interessarem pela escola, nesse caso, se forem só a escola em si, podem “arruinar” o seu futuro!
Carolina Bonifácio (8ºB)



Sem comentários: