segunda-feira, 23 de abril de 2012

DiNotícias - 2ª Edição





Na 2ª Edição do DiNotícias (o jornal do nosso Agrupamento) além da reportagem do Pedro Quintans (7ºA), a propósito de "Convidámos... À conversa com", atividade desenvolvida no âmbito do projeto de leitura "Ler, lazer e aprender", e à qual fizemos referência aqui, há referência a outras atividades onde participámos (alunos dos 7ºA, 7ºB, 8ºA e 8ºB), nomeadamente: as Frases natalícias e do dia dos Namorados;  Desafios ortográficos e Ortografíadas - Concurso de ortografia, promovido pelo Departamento de Línguas, professores de Língua Portuguesa (DiNotícias, março de 2012, Acontece, pág. 14) e foi ainda publicado, na página 3, secção Acontece, uma reflexão do Francisco Marques do 7ºA a propósito do amor, resultado de uma das propostas de escrita do 2º Período e que publicamos de seguida:





Eu, sinceramente, não estou muito dentro do assunto. Para dizer a verdade não acho assim o namoro uma “coisa” tão “fantabulástica”!            É claro que é uma “coisa” bonita, mas também pode magoar muitas, mas muitas pessoas. Será que vale apena sofrer tanto só para ter o título de namorado(a)? O namora é só uma das formas de mostrar amor, nada mais. É claro que depois há parte bela, aquele sentimento que sentimos quando namoramos, mas também há a parte desconfiada que está sempre a pensar: “Será que ele(a) anda com outra(o)?”. Dito isto a minha conclusão é que, às vezes, vale a pena correr o risco. Para concluir devemos arriscar no amor, utilizando o namoro, pois só assim nos chegará a verdadeira felicidade, é claro que é preciso passar uns obstáculos, mas vale a pena…Não tenho muito mais para dizer a não ser a opinião final:            O namoro não é mais que uma pista de obstáculos, se os passarmos, ganhamos uma medalha, se ficarmos a meio, não somos mais que uns desistentes. 

Francisco Marques, 7ºA





Sem comentários: