quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Encontro com um extraterrestre

- Olá!doc

Não era nada normal vir da escola e encontrar um ser azul com talvez 1 metro de altura, antenas, um olho muito brilhante e "cusco", com dentes cor-de-laranja e a sorrir à minha frente! Por isso dei um berro!

- Não tenhas medo!doc. Eu sou o BLS MI e venho do planetis PNATE de uma galáxia distante.doc.

- Olá... Eu sou na Helena e moro aqui. Nunca te vi por cá nem ninguém da tua família.

É normal!doc. É a primeira vez que cá venho.doc

- Porque é que estás sempre a dizer "doc"? - perguntei-lhe começando a achá-lo engraçado.

- É uma marca de fala do nosso planeta, o Porque Nos Acham Tão Esquisitos.doc

- Isso não faz muito sentido...

- Faz, sim senhor!doc - pareceu "chateado" com o que eu tinha dito.

- Que estranho este planeta!doc

Na continuaçao, ele começou a olhar para o relógio quando disse:

- Tenho de me despachar porque a minha mãe quer-me em "horsa" em 3999.doc

- O que é "horsa"?- perguntei-lhe

- É aquilo em que se vive.doc Mas eu queria era um curumelozóide.doc

- O que é isso? - perguntei-lhe admirada.

- É o ingrediente especial nas sopas de passagem de estação Bica. doc

- Que estação é essa?

- Há tantas... Há a Roca, Sita, Bucaloca, Taneia, Puxicula, ...

- Ok, já chega - interrompi-o

Por fim, fomos há procura do tal ingrediente ( embora não soubesse qual).

Após alguma procura, ele encontrou o que precisava.

- Já tenho tudo de que preciso, por isso xalu!doc doc doc

- Adeus!

E desapareceu.

Foi a aventura mais emocionante que já tive.



Helena Ferreira, 7º F

Sem comentários: