quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Internet: como usá-la?



"Internet: maior fonte de informação digital, acerca de tudo. " Esta é a definição quase imediata para "Internet".

Pois bem, eu, não consigo passar sem Internet. Porquê? Porque indo a um motor de busca, digito a informação que pretendo obter, e aparecem centenas de "Links"; porque consigo comunicar com colegas, amigos, família de qualquer parte do mundo; porque agora a escola tem uma plataforma, e ao aceder lá, é sempre uma forma mais "informal" e "descontraída" de "estudar", de obter mais informações extra-aula; porque consigo ver vídeos, ouvir músicas, visualizar imagens e tudo mais. É bom? Não. É óptimo!

Mas, como não há bela sem senão, claro está, a Internet também tem os seus "podres". Por exemplo: para apanhar vírus, é do melhor; livre acesso a todo o tipo de conteúdos menos próprios (tal como pornografia); grande violação de direitos de autor, ao efectuar downloads ilegais, e, infelizmente, muitas mais coisas.

Ou seja, para mim, que utilizo a Internet para comunicação, pesquisa, lazer (jogos, videoclips, etc.) não há qualquer tipo de inconveniente, até porque para quem não faça o mesmo que eu, os pais podem sempre mandar bloquear os conteúdos que acharem que não devem ser acessíveis.

Eu defendo a Internet, com "unhas e dentes", pelo simples facto de conseguir fazer tudo e mais alguma coisa, sentada em frente ao monitor.



Filipa Portela, 9ºC

Sem comentários: