quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Sistema

Sistema que tu fazes?
Não fazes
O mundo fazer as pazes

Tenho que te destruir
Senão
A bulir
Não vejo o dinheiro
Para a carteira ir

Vida tal
Tenho de te destruir
Com todo o teu mal
Toda a gente vai-se desunir

Mortes aqui
Guerras ali
Tráfico acolá
Isto é o caos
Só tens hábitos maus

Tu és o satanás
Da religião punk culturosa
Contróis pessoas más
E tens origem duvidosa

Porque é
Que não destrois este governo
É tua propriedade
É um autêntico Inferno

Dominique Martinho, 7ºF

Sem comentários: