quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Lá fora está frio,

o céu está cinzento,

as árvores choram baixinho,

fingem as lágrimas, de chuva

chuva que não cai mas que se sente

as pessoas que passam dizem que vai chover...

Mas foi o vento,

foi o vento que levou,

a lágrima que a árvore chorou

elas choram porque os seus ramos são cortados,

cortados por gente,

gente contente, gente com tudo!,

e elas sem nada!

Inês Félix, 8º D

Sem comentários: